AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Indonésia desistiu do Su-35 após pressão política dos EUA

Foto: Dmitry Terekhov
image_pdfimage_print

Após praticamente fechar a compra de onze caças Sukhoi Su-35 em 2018, o governo da Indonésia decidiu: vai comprar oito caças F-15EX dos Estados Unidos. A mudança ocorreu após a Casa Branca ter feito pressão para que o país desistisse da compra de material de origem russa ou chinesa e se tornasse um parceiro mais próximo na região do Pacífico.

De acordo com reportagem publicada no jornal The Jakarta Post ainda em 2020, o governo da Indonésia foi alertado de que o país poderia vir até a sofrer sanções como as que afetam o comércio da Rússia e da China. A pressão norte-americana se tornou maior quando o país iniciou conversações para compra de navios-patrulha chineses, outro negócio já cancelado.

“Não é segredo que os Estados Unidos exercem pressão indisfarçável sobre os países que pretendem comprar equipamento de defesa russo”, disse ao The Jakarta Post a diplomata Lyudmila Vorobieva, embaixadora da Rússia na Indonésia. “O objetivo é claro – fazer com que esses países se recusem a receber armas da Rússia e se voltem para Washington. Claro, é uma concorrência injusta que viola as regras e normas de negócios transparentes e legítimos ”, completou.

A compra de novos caças pela Indonésia foi repleta de capítulos e anúncios contraditórios. Atualmente com caças F-16 e Sukhoi Su-27 e Su-30 na frota, o país primeiro anunciou a compra dos Su-35. Depois informou ter interesse no F-35, no F-16V e até em caças Eurofighter Typhoon usados pela Áustria, este últimos restritos às missões ar-ar.

Porém, o reequipamento não vai se limita aos F-15EX. De acordo com o Comandante da Força Aérea da Indonésia, Marechal Fadjar Prasetyo, o Rafale também está nos planos, e até 36 unidades do caça francês devem ser adquiridas. As compras devem ser assinadas até 2024.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Lançamento! ASAS 116

O Voo do Impossível

Parceiros