AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Israel vai de KC-46

image_pdfimage_print

Enquanto oferece opções de adaptar jatos Boeing 767 civis para a missão de reabastecimento em voo, como o adotado na Colômbia, Israel decidiu optar pelo KC-46 Pegasus construído diretamente pela Boeing. Duas aeronaves serão adquiridas para substituir os antigos Boeing 707 ainda em uso.

O primeiro deve ser recebido em 2022 ou 2023, conforme o tempo que levar para assinatura efetiva do contrato e de acordo com a disponibilidade da linha de montagem da Boeing, que hoje trabalhar para fornecer 179 desses aviões para a Força Aérea dos Estados Unidos. A expectativa é que Israel posteriormente adquira mais seis.

As aeronaves deverão ser capazes de reabastecer os caças F-15, F-16 e F-35.

Nos Estados Unidos, o KC-46, versão militar do Boeing 767, foi selecionado após um polêmico programa de seleção no qual inicialmente foi derrotado pelo Airbus A330MRTT. Agora, em fase inicial de operação, tem enfrentado problemas em testes.

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros