AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

MQ-9 Reaper deve ganhar nova missão

O Reaper foi o primeiro drone "hunter killer" de grande autonomia: 14 horas
image_pdfimage_print

Já utilizado para inteligência, vigilância, reconhecimento e ataque, as Aeronaves Remotamente Pilotadas MQ-9 Reaper deverá se tornar capaz de cumprir mais um tipo de missão. O Pentágono vai pagar US$ 134 milhões à General Atomics, fabricante dos “drones”, para desenvolver e testar um sensor capaz de rastrear mísseis balísticos.

Os sistemas eletróticos do MQ-9 já foram utilizados em 2016 para essa missão, porém, durante treinamentos. O objetivo agora é ampliar essa capacidade.

A expectativa é que a General Atomics finalize os trabalhos em outubro de 2021. Depois, o produto apresentará poderá ser adquirido em larga escala.

Sobre o autor

Redação

Comentar

Clique aqui para comentar

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros