AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Operação Repatriação: KC-390 levará ajuda humanitária à Polônia e trazer refugiados brasileiros

KC-390 da Força Aérea Brasileira Foto: Samuel Figueira / Força Aérea Brasileira

A Força Aérea Brasileira (FAB) vai enviar uma aeronave KC-390 Millennium com a missão de resgatar os brasileiros que estão deixando a Ucrânia e enviar 11,6 toneladas de ajuda humanitária para o país europeu. A carga enviada é composta por alimentos, purificadores de água e medicamentos provenientes de doações. O material foi acondicionado em paletes, isto é, em plataformas usadas para empilhar ou transportar materiais por meio de empilhadeiras, carregado no KC-390, e enviado, às 10h35, da Base Aérea de São Paulo (BASP), em Guarulhos (SP), neste domingo (06/03), chegando, no mesmo dia, à Base Aérea de Anápolis (BAAN) às 13h35h.

Conforme o cronograma da missão, a carga será realocada em outro KC-390, que irá para a Base Aérea de Brasília (BABR), na segunda-feira (07/03). O destino final da aeronave é Varsóvia, capital da Polônia, onde os cidadãos devem embarcar conforme definições do Ministério das Relações Exteriores (MRE).

Com a assistência da Embaixada do Brasil em Varsóvia, a doação brasileira seguirá da capital polonesa para seu destino final, na Ucrânia. A missão ocorre por determinação da Presidência da República sob coordenação do Ministério da Defesa (MD) e do MRE.

Faz parte da carga enviada para a Varsóvia 50 purificadores de água, de tecnologia e fabricação nacionais (com capacidade combinada para purificar cerca de 300 mil litros de água por dia); 50 kits voltaicos com painel solar para abastecer o equipamento de energia de forma autônoma; 10 toneladas de alimentos desidratados de alto teor nutritivo (400 mil refeições); e 5 kits de medicamentos para emergências médicas, oriundos dos estoques públicos administrados pelo Ministério da Saúde, sem comprometer o abastecimento nacional.

Para o Chefe da Seção de Operações do Primeiro Grupo de Transporte de Tropa (1º GTT), Major Aviador Daniel Elias Souza, a condução da missão humanitária gera um sentimento de satisfação muito grande para o Esquadrão Zeus. “O planejamento, parte fundamental do processo, foi um desafio que demandou atenção em cada detalhe e, nesse contexto, toda nossa equipe tem trabalhado ininterruptamente para que a missão seja cumprida de maneira eficiente, em segurança e sem óbices. Nesse momento, estamos convictos que a bandeira do Brasil mais uma vez será erguida a um alto patamar pelas nossas tripulações, representando, internacionalmente, todo profissionalismo, altruísmo e dedicação dos diversos setores da Força Aérea Brasileira”, destacou.

A ação interministerial, denominada Operação Repatriação, ocorre de forma integrada entre as pastas da Defesa, das Relações Exteriores e da Saúde. A aeronave KC-390 Millennium irá decolar nessa segunda-feira (07) às 15h, com 11,6 toneladas de medicamentos para atendimento emergencial, alimentos e materiais de necessidade básica com tecnologia para funcionamento autônomo. O pouso na capital polonesa está previsto para quarta-feira (9) e os brasileiros repatriados devem chegar ao Brasil na quinta-feira (10).

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho