AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Pentágono planeja aposentadoria do U-2 para 2025

O Pentágono planeja para o fim de 2025 a aposentadoria dos jatos Lockheed U-2S Dragon Lady. Atualmente são 27 aeronaves em serviço, voando missões de reconhecimento e inteligência. São os remanescentes de um modelo que entrou em serviço em 1956 e realizou missões na União Soviética, China, Iraque e Iugoslávia, dentre outros países.

O alto comando das forças armadas norte-americanas afirma que as missões atualmente desenvolvidas pelos U-2 precisam ficar a cargo de aeronaves mais rápidas e com capacidade maior de sobrevivência a ambientes hostis. Drones como o Lockheed Martin RQ-170 Sentinel ou o Grumman RQ-180 Great White Bat, ainda sob forte sigilo, são apontados como eventuais substitutos.

Há o entendimento de que satélites são incapazes de obter todos os tipos de informações alcançadas com os U-2S, logo será necessário haver um substituto. O Pentágono também pretende substituir os drones RQ-4A Global Hawk para o ano de 2027. A decisão final, porém, caberá ao Congresso, que dará o aval para a descontinuidade das operações.

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

Carrinho