AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Rússia avança desenvolvimento do MC-21

No dia de Natal, o MC-21 -300 com o primeiro conjunto de asas construídas nas Rússia com materiais compostos fez seu voo inaugural. O modelo deverá ter 40% da sua estrutura feita com esses novos materiais.

Além de ficar mais leve, o MC-21 -300 com a asa em material composto teve como benefício mudanças na aerodinâmica. As novas asas têm estruturas que não poderiam ser construídas em metal. O resultado será uma cabine mais larga.

Desenvolvido e produzido pela Irkut, o MC-21 voou pela primeira vez em 2017 e deve entrar no mercado em 2022 ou 2023. Com motores Pratt & Whitney PW1000G ou Aviadvigatel PD-14, o MC-21 -300 terá alcance de até 6.400 km e capacidade para 163 passageiros, sendo um concorrente direto de modelos da Boeing e da Airbus.