AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Suécia vende avião-radar em sigilo

A Saab oferece as aeronaves as versões AEW & C do Saab 2000 e Saab 340
image_pdfimage_print

Um país com 160 milhões de dólares para investir em defesa em pleno momento de pandemia de Covid-19 assinou um contrato para adquirir um avião-radar Saab 2000 Erieye AEW&C (do inglês Airborne Early Warning and Control), uma das aeronaves mais avançadas para controle aéreo em ambientes hostis. A emprea sueca, porém, aceitou não divulgar que país seria esse.

A aeronave é basicamnete um avião Saab 2000 equipado com um radar Erieye e equipamentos para permitir a vigilância do espaço aéreo. Com um sistema do tipo, o país comprador poderá coordenar missões de busca e salvamento, patrulha de fronteiras e, também, vetoração de aeronaves de combate para missões defensivas ou ofensivas.

Uma versão anterior do Erieye está em uso no Brasil os aviões E-99 da Força Aérea Brasileira, que tiveram o radar adaptado na célula de jatos ERJ 145, fabricados pela Embraer. As aeronaves atualmente passam por um processo de modernização.

Aeronaves foram adquiridas no âmbito do Programa SIVAM, mas se destacaram em exercícios e operações da FAB

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros