AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

2 aviões da FAB vão repatriar brasileiros na China

A Força Aérea Brasileira selecionou suas duas aeronaves VC-2 (Embraer 190) para fazer a repatriação dos brasileiros isolados na China por conta do Corona Vírus. As duas aeronaves decolam amanhã, às 12h, de Brasília.

Essas duas aeronaves são do Grupo de Transporte Especial (GTE) e são utilizadas em missões de apoio à Presidência da República, seja para levar comitivas ou como subetitutas do VC-1, o avião presidencial titular.

Os VC-2 têm a bordo uma área específica para uso presidencial e também poltronas para até 40 pessoas. O conforto oferecido aos passageiros é semelhante ao de companhias aéreas, algo que não seria possível se a FAB tivesse decidido realizar a missão com os KC-390 ou C-130 Hércules.

Os VC-2, porém, enfrentarão outro problema: não são aeronaves de longo alcance, como era o único C-767 que até o ano passado fazia parte da frota da FAB. O resultado será uma viagem longa e cheia de escalas: as duas aeronaves da FAB fazem escala em Fortaleza, Las Palmas (Espanha), Varsóvia (Polônia) e Urumqi (China) e devem chegar a Wuhan na próxima sexta-feira (7). A previsão inicial de regresso das aeronaves é sábado (8).

Os brasileiros resgatados devem ficar em quarentena na Ala 2 – Base Aérea de Anápolis -, em Goiás.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!