AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

5.500 jatos regionais serão entregues até 2029, projeta Embraer

image_pdfimage_print

A Embraer terá uma disputa comercial intensa nos próximos anos. A empresa estima que 5.500 novos jatos de até 150 assentos serão entregues até 2029: é este o principal mercado que a fabricante brasileira irá disputar com seus concorrentes diretos. Ao todo, serão US$ 350 bilhões a serem repartidos entre a Embraer e suas concorrentes.

Os números, porém, não são otimistas. A Embraer prevê que 2029 terá uma tráfego global de passageiros 19% abaixo do estimado no ano passado. Por conta da pandemia, o nível de 2019 somente será retomado em 2024.

LEIA TAMBÉM: Rightsizing: Embraer vê oportunidade na crise da Covid-19

O resultado é que dos 5.500 novos jatos de até 150 assentos a serem entregues até 2029, 4.220 devem substituir as unidades atuais mais velhas em uso: o aumento da frota globalmente será de 1.280 aeronaves. Hoje, são 8.660 unidade dessa categoria. Em 2029 devem ser 9.940, estima a Embraer.

Mais 1.080 turboélices também serão entregues no período.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Lançamento! ASAS 116

O Voo do Impossível

Parceiros