AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Adeus MiG-29, olá caças ocidentais

Os MiG-29 da versão A são mais antigos que os atualmente comercializados, tendo também baixo alcance
image_pdfimage_print

A Bulgária oficialmente tem 12 MiG-29 Fulcrum, sendo que geralmente apenas quatro deles estão voando. Talvez por isso o país tenha já tomado uma decisão clara: seus próximos caças serão de origem ocidental, sejam eles novos ou usados.

O Ministério da Defesa recebeu propostas da Boeing para os F-18E/F Super Hornet, da Lockheed Martin com os F-16V Fighting Falcon e da Saab, que preferiu oferecer a versão já em operação do Gripen, o JAS-39C/D. A Itália também ofertou caças Eurofighter Typhoon, só que usados.

Membro da OTAN desde 2004, a Bulgária não tem um prazo para a avaliação das propostas, mas o Ministro da Defesa, Krassimir Karakachanov, disse que o processo de aquisição precisa ser rápido. Foram solicitadas, inclusive, propostas de compra de caças Rafale, Typhoon e F-16 usados da França, Alemanha e Portugal, respectivamente.

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros