AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Aos 50 anos, F-16 chega a 2024 como caça mais popular do mundo

Foto: Alex R. Lloyd

O F-16 Fighting Falcon chegará em 2024 à marca dos 50 anos do seu primeiro voo e, mesmo após o surgimento de tantos modelos mais avançados, o jato da Lockheed Martin se mantém como o caça de combate mais popular do mundo. De acordo com o levantamento realizado pela Flight Global em parceria com a Embraer, no fim de 2023 havia 2.145 caças F-16 em serviço.

Os dados apontam que há 14.665 aeronaves de combate em serviço no mundo, desde aeronaves de superioridade aérea como o F-15 Eagle a aviões de ataque ao solo, como o Su-25. Porém, sozinha, a frota de F-16 representa 15% do total. Em segundo lugar está a família Flanker. Com a soma dos Su-27, Su-30, Su-34 e Su-35 em serviço, são 1.243 aeronaves e serviços.

Caça F-16 da USAF durante treinamento Foto: Ali Stewart / USAF

O top 10 é completado por F-15 (941 aeronaves em serviço), F-18 (836), MiG-29 (809), F-35 (661), Eurofighter Typhoon (533), J-7 (444), Su-24 (415) e Su-25 (408). Outras 6.230 aeronaves são de outros modelos, como F-5, Gripen, A-1, A-10, dentre outras.

Apesar de já ter 50 anos do primeiro voo e 45 desde a entrada em serviço, em 1978, o F-16 continua forte no mercado. A Lockheed Martin planeja acelerar a produção do jato, chegando a uma média de quatro entregas por mês até o fim de 2025. Taiwan, Catar e Turquia são alguns dos países que ainda reforçam suas forças aéreas com o modelo. Outros países têm buscado unidades de segunda mão, como é o caso da Argentina e da Ucrânia.

Na América do Sul, somente Chile e Venezuela contam com caças F-16.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho