AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Bombardeiros dos EUA cumpriram missão na América do Sul nesta semana

Bombardeiro B-1 da USAF se prepara para decolar com o pod AN/AAQ-33 Sniper Advanced Targeting Pod (ATP). Foto: Mercedes Porter

Pelo menos dois bombardeiros B-1 B Lancer da United States Air Force (USAF) cumpriram uma missão na América do Sul no último dia 7 de setembro. De acordo com o comunicado oficial, a inusual tarefa foi o combate à pesca irregular e ilegal em águas próximas ao Equador e às ilhas Galápagos.

É uma missão fora do comum para aeronaves criadas para ataques estratégicos e com uso real em guerras no Iraque, Síria e Afeganistão. Porém, os B-1 já demonstraram essa capacidade anteriormente, como na busca por embarcações ligadas ao narcotráfico no mar do Caribe.

Bombardeiro B-1 B Lancer da USAF reabastece sobre o Mar do Caribe para missão na costa do Equador. Foto: Joshua Hastings

Para esse tipo de missão, os B-1 B voam com o pod AN/AAQ-33 Sniper Advanced Targeting Pod (ATP). O equipamento permite realizar tarefas de inteligência, vigilância e reconhecimento, permitindo tanto enviar informações para centro de comando quanto, se necessário, já atuar contra alvos identificados.

De acordo com a USAF, a missão foi realizada em parceria com o Panamá e com o Equador. Os bombardeiros operaram diretamente da Base Aérea de Dyess, no Texas, e contaram com o apoio de um reabastecedor KC-135 Stratotanker da Base Aérea de MacDill, na Flórida.

Essa capacidade de deslocamento dos B-1 B serve como uma demonstração da capacidade da USAF de atuar longe do território norte-americano. A fiscalização da pesca ilegal também representa uma possível empreitada contra a China, que tem sido acusada reiteradamente de praticar pesca não autorizada em áreas da América Latina.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho