AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Brasil já tem helicóptero preparado para caso de corona vírus

Enquanto dois aviões VC-2 voltam da China com brasileiros resgatados da região afetada pelo Corona Vírus, a Força Aérea Brasileira se prepara para conduzir o período da quarentena. A Base Aérea de Anápolis passa por modificações e melhorias de hospedagem na expectativa de que a quarentena de 18 dias acabe sem percalços. Porém, ao mesmo tempo, um helicóptero H-60 Black Hawk já está pronto para fazer uma missão que ninguém espera que aconteça: o transporte de doentes.

Caso algum participante da quarentena apresente um quadro clínico que sugira contaminação pelo vírus, o helicóptero fará o transporte até o Hospital das Forças Armadas, em Brasília (DF). Para cumprir a missão, a aeronave recebeu macas especiais, totalmente vedadas.

Nesta sexta-feira, a tripulação do Esquadrão Pelicano fez um voo de reconhecimento para identificar o local de pouso no hospital. A ideia é que, em caso de necessidade, o transporte seja realizado de maneira rápida, sem dependender de ambulâncias.

De acordo com o Comandante do Esquadrão Pelicano, Tenente-Coronel Leonardo Machado Guimarães, o voo de reconhecimento permite que a tripulação se familiarize com o heliponto do hospital, além de tomar conhecimento dos principais obstáculos na área. “As tripulações do Esquadrão Pelicano são capacitadas para atuarem em missões de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear. A partir deste sábado, as equipes estarão prontas para atenderem qualquer paciente que apresente os sintomas da doença e que precise ser transportados até o HFA”, explicou.

O Esquadrão Pelicano tem um grito de guerra bastante adequado para a missão: “Para que outros possam viver”.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Assine Asas!

Parceiros