AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Saab também oferece cooperação industrial com a Finlândia

Com caças Gripen E até o momento negociados apenas com as forças aéreas da Suécia e do Brasil, a Saab ofereceu à Finlândia a cooperação industrial na fabricação da nova aeronave. O objetivo é conquistar a vitória no programa H-X, que tem foco substituir os 55 F-18C/D em serviço por 60 jatos de última geração.

A oferta de cooperação industrial faz sucesso por conta dos critérios envolvidos na concorrência: além do custo e das capacidades da aeronave, também entram na análise a segurança da cadeia de suprimentos com participação da indústria local e os impactos nas políticas de defesa e segurança. A proposta sueca também inclui a transferência de recursos de manutenção, reparo e revisão para a indústria local, produção de peças e montagem final de aeronaves, bem como o estabelecimento de um centro de manutenção e desenvolvimento na Finlândia. A Saab também ofereceu o sistema Global Eye, solução de sistema para aeronaves AEW&C.

“Concluímos, com êxito, os ensaios planejados e demonstramos, portanto, os recursos do Gripen e do GlobalEye, uma solução sólida e altamente capaz de responder às necessidades da Força Aérea Finlandesa”, disse Jonas Hjelm, vice-presidente sênior e head da área de negócios Aeronautics da Saab. De acordo com o planejamento do cliente, a decisão de aquisição está prevista para 2021.

No início de fevereiro um protótipo do Gripen E passou por testes na na Base Aérea de Pirkkala, na Finlândia. Também estão na concorrência o F-18E/F Super Hornet, o F-35 Lightning II, o Eurofighter Typhoon e Dassault Rafale.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Assine Asas!

Parceiros