AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Crise humanitária no Norte do Brasil destaca capacidade operacional da FAB

C-105 da FAB em operação na região Norte. Foto: Força Aérea Brasileira

Um avião de transporte C-105 Amazonas do Esquadrão Onça da Força Aérea Brasileira realizou nesta terça-feira (24 de janeiro) um inédito lançamento múltiplo de ajuda humanitária na região. A aeronave, orginalmente baseada em Campo Grande (MS), foi deslocada para Boa Vista (RR) para atuar na missão humanitária coordenada pelo Governo Federal por conta da situação de calamidade de comunidades indígenas yanomami.

Sem precisar pousar, o avião fez o lançamento de duas toneladas de medicamentos e produtos médicos básicos de primeira necessidade, tais como soro, gases, seringas, dentre outros. A missão ocorreu na região de Surucucu, uma área de difícil acesso. Ao chegar ao solo, a carga foi recolhida por militares e transportada, por helicóptero, para serem usados nos tratamentos médicos realizados pelas equipes de saúde que se encontram na região.

C-105 da FAB durante treinamento de lançamento de carga

O lançamento múltiplo é um procedimento que consiste em lançar de uma plataforma fixa apropriada, com a utilização de paraquedas, cargas a aproximadamente 1000 pés, sendo possível o lançamento de até cinco fardos. Essa foi a primeira vez que o C 105, operado pelo Esquadrão Onça, realizou um voo desta natureza.

De acordo com os pilotos responsáveis pelo voo, capitão Vitor Graeff e capitão Renê Luiz Pereira Da Costa, a realização deste tipo de lançamento é importante porque confere à missão maior agilidade de entregas. “Com o lançamento múltiplo, conseguimos levar uma maior quantidade de carga e, principalmente, de forma célere, uma vez que diversos procedimentos são reduzidos. Hoje, conseguimos, de uma só vez, transportar cinco cargas às tribos necessitadas. Um feito inédito para o nosso Esquadrão”, relataram. De acordo com o Capitão Graeff missões como essas mostram o real objetivo da Força Aérea, que é poder chegar a lugares geograficamente impossíveis. “Nos dê uma missão e jamais deixaremos de cumpri-la”, finalizou.

C-105 Amazonas

A FAB já transportou cerca de dez toneladas de cestas básicas e mais de três toneladas de medicamentos e materiais hospitalares. Simultaneamente, a Força Aérea realiza o transporte de combustíveis que abastecem as aeronaves utilizadas para transportar os insumos entre as comunidades, totalizando uma ajuda a mais de 30 mil indígenas em toda a região. Um hospital de campanha também será ativado. Aeronaves C-98, C-97, H-60, KC-390 e C-105 já participaram da ajuda humanitária.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho