AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Do fundo do Pacífico à superfície de Marte: a versatilidade de Kevlar

image_pdfimage_print

Nos segmentos aeroespacial e de defesa, muito se fala na alta resistência de DuPont™ Kevlar®, a fibra de aramida original cinco vezes mais forte que o aço. Dificilmente alguém que atua nessas áreas não ouviu falar desse material, presente por exemplo na blindagem de automóveis, na estrutura de aeronaves e nos coletes e capacetes de militares.

Mas tão relevantes quanto a sua resistência, outras características de Kevlar® também têm sido responsáveis por sua liderança global de mercado: a durabilidade e a versatilidade. Há mais de 50 anos, o material é colocado à prova em diversos ambientes e condições de uso muito agressivos. Poucos sabem, mas ele está espalhado por inúmeras aplicações: das fibras óticas do fundo do oceano até as naves espaciais.

Começando pela área de defesa/militar, Marcelo Fonseca, Líder do Negócio de Defesa Du Pont para América Latina, comenta que “o Kevlar® protege quem nos protege da cabeça aos pés, dos coletes aos veículos militares. Entre suas aplicações mais conhecidas estão a blindagem de veículos de desminagem, de combate e transporte de tropa por terra, ar e mar, bem como patrulhas policiais. Além disso, veículos de passeio também têm a proteção da fibra”. O material também está presente nos spall liners, que nada mais são do que painéis montados no interior da estrutura da carroceria dos veículos blindados, como objetivo de proteger pessoal interno e bloquear fragmentos e munição, além de garantir proteção contra temperaturas tão altas quanto 450°C.

E o Kevlar® é utilizado, inclusive, em proteções compósitas resistentes a munições do tipo RPG (Rocket-Propelled Grenade, ou Granada Lançada por Foguete). “Isso proporciona economia de peso, o que se traduz na redução de centenas de quilogramas em uma viatura de combate quando comparada a outro tipo de blindagem de RPG”, explica Fonseca. “Na proteção pessoal, militares de todo o mundo, incluindo nosso Exército e as Polícias Militares da maioria dos estados brasileiros, utilizam coletes à prova de bala com a fibra. Capacetes militares, adotados em inúmeros países, ganham tratamento de Kevlar® para proteção contra balas, estilhaços e explosões.”

Já no setor aeroespacial, Fonseca destaca que “o assoalho da cabine da aeronave, os compartimentos de bagagem de mão e as divisórias são construídos com núcleos hexagonais DuPont™ Kevlar®, o que garante economia de peso, baixa condutividade elétrica e alta resistência ao fogo, além de isolamento térmico e sonoro superior para o conforto de passageiros”. Além disso, portas de trens de pouso, wingboxes, superfícies de controle, tanques de pressão com oxigênio pressurizado, elementos de reforço estrutural do corpo da aeronave, asas e turbinas, anéis de contenção do motor, lâminas de rotor e pneus também contêm a fibra de para-aramida da DuPont, e Fonseca observa que o produto “conquistou não só o espaço aéreo terrestre: o Kevlar® está presente em naves espaciais desde o início das pesquisas científicas na área”.

De fato, ele conta, “o primeiro material a tocar a Lua na missão da Apollo 11, que completou 50 anos no ano passado, foi o Kevlar®. Quando a Mars Pathfinder aterrissou na superfície de Marte, em 1997, a fibra reforçava os pés de aterrissagem infláveis – e os cabos que os prendiam. Kevlar® é usado, ainda, em satélites de comunicação e em ônibus espaciais para ajudar a proteger contra o impacto dos detritos orbitais”.

E a adaptabilidade de Kevlar® para diferentes necessidades é clara quando vemos que o setor automotivo se apropriou das soluções de blindagens militares. A fibra de aramida original Kevlar® é atualmente usada para revestir a área opaca do veículo, ou seja, a lataria, e a sua proteção balística atende a diversos níveis de proteção, como o IIIA da NBR15000 – correspondente à norma norte-americana NIJ 0108.01. Como referência, esse nível resiste à maioria dos revólveres, pistolas e sub-metralhadoras.

Nos veículos comerciais, Kevlar® tem ainda outras inúmeras aplicações, destaca Fonseca – “uma delas remonta à sua invenção: aplicado em pneus, fornece resistência contra abrasão e desgaste, além de redução de peso rotacional e de tensão no motor – levando a uma melhor eficiência no uso de combustível. Também está nas gaxetas, embreagens, pastilhas de freio, mangueiras e correias automotivas”.

“Costumamos dizer que o Kevlar® protege os heróis do dia a dia. Nesta lista não estão apenas os militares, mas também outros agentes de segurança. A tecnologia resistente a cortes e a calor de Kevlar® fornece ainda soluções de EPIs que atendem às normas internacionais de proteção e desempenho” comenta, completando que o produto é “amplamente utilizado em escala global em luvas, mangotes, macacões, entre outros, para garantir proteção mecânica contra cortes, abrasão, arco elétrico, chamas, altas temperaturas, perfuração extrema e demais riscos”.

As fibras DuPont™ Kevlar® também são usadas em bens de consumo de alta performance, incluindo os adotados por atletas de ponta. O material pode ser encontrado em uma variedade de artigos de vestuário, acessórios e equipamentos para torná-los mais seguros e duráveis.

“De chuteiras de rúgbi às malas de viagem, de pranchas de surf a cordas de resgate. Na terra, na água, no ar. Na Terra, na Lua, em Marte. Proteger heróis, inspirar atletas, explorar novas fronteiras do espaço e da consciência humana. DuPont™ Kevlar® continua a permitir o incrível, desafiando os limites de nossa imaginação”, conclui Fonseca.

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros