AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Embraer avança para conquistar o mercado chinês com jatos E2

Embraer 195 E2 e Embraer 190 E2

O jato E190 E2, da Embraer, recebeu o Certificado de Tipo da Administração de Aviação Civil da China (Civil Aviation Administration of China – CAAC, na sigla em inglês), marcando uma nova fase para o programa E2 na China. O foco da empresa agora é conseguir, em breve, a certificação do E195 E2, maior aeronave comercial da fabricante brasileira.

Fortalecer a presença no mercado chinês é explicável. A última projeção de mercado da Embraer revelou que 1.445 novas aeronaves na categoria de até 150 assentos serão entregues na China até 2041. O país apresenta desenvolvimento econômico de longo prazo e tem seu mercado aéreo tende a evoluir para uma malha aérea com conexões em grandes aeroportos (denominada hub-and-spoke), ideal para aeronaves da categoria dos jatos da Embraer.

“O E190-E2 e o E195-E2, respectivamente, com capacidade para 114 e 146 passageiros, oferecem capacidade complementar às aeronaves chinesas ARJ21 e C919. O E2 não apenas fornecerá o melhor desempenho operacional e a redução de emissões às companhias aéreas, mas também ajudará a acelerar a implantação do programa chinês “Essential Air Service” para conectar mais cidades menores”, disse Arjan Meijer, Presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial. “A certificação abre caminho para significativas oportunidades de negócios para o E190-E2 na China – existem dados que revelam que um bilhão de pessoas que vivem em cidades menores da China nunca voaram.”

A Embraer sabe que a maior potencialidade das suas aeronaves é a eficiência: o E190 E2 e o E195 E2 têm uma redução de consumo de combustível por assento de 17,3% e 25,4%, respectivamente, em comparação com à primeira geração de E-Jets. As operações na Europa foram iniciadas em 2018 e há ainda outras vantagens, como o acesso a aeroportos com restrições devido a grandes altitudes ou pistas mais curtas. As aeronaves também foram projetadas para aumentar o conforto dos passageiros com maior espaço para as malas e menores emissões de ruído e carbono.

“Além de ter o tamanho correto e a melhor eficiência de combustível, o E190-E2 nasceu com capacidade de operação em altas temperaturas e grandes altitudes (Hot and High, no termo em inglês). É a primeira aeronave na categoria a voar para alguns dos aeroportos mais altos do mundo no oeste da China, incluindo Lasha e Yushu. Acreditamos que o E190-E2 seja a melhor aeronave para atender mercados de baixa densidade em grandes altitudes no oeste da China, com o desempenho certo e mais lucratividade”, afirmou Guo Qing, Vice-Presidente de Aviação Comercial da Embraer China.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS! PRÉ-VENDA!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho