AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Embraer recebe certificação de jato para evacuação aeromédica

A Federal Aviation Administration (FAA), agência reguladora dos Estados Unidos, e da European Aviation Safety Agency, equivalente da União Europeia, emitiram o Certificado de Tipo Suplementar (STC, na sigla em inglês) para o Phenom 300 MED, versão para transporte aeromédico (MEDEVAC) do jato executivo. O primeiro cliente é a Grandview Aviation, empresa de fretamento de voo.

O Phenom 300 MED tem o seu interior desenvolvido e certificado pela umlaut, empresa que faz parte do grupo Accenture, utilizando equipamentos da Aerolite, que por su vez desenvolveu uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) específica para esse modelo de aeronave. Apesar da pequena dimensão do jato, até dois pacientes totalmente incapacitados podem ser transportados a bordo. Há a opção de levar também incubadora para recém-nascidos e outros tipos de equipamentos a bordo.

O modelo da Embrar traz algumas vantagens substaciais, como o baixo custo operacional e, graças à pressurização, voar com uma altitude de cabine de 6.600 pés, o que garante mais oxigênio a bordo. Este é um recurso fundamental para pacientes e para a própria equipe médica que vai a bordo. O fato de poder ser pilotado por um único tripulante também significa mais um assento para profissionais de saúde.

O Phenom 300 é um jato executivo leve com a melhor performance de subida e desempenho de pista da sua classe, além de custos de operação e de manutenção menores do que seus concorrentes. Seus dois motores Pratt & Whitney Canada PW535E1, com 3.478 libras de empuxo cada, garantem uma potência suficiente para uma velocidade máxima de cruzeiro de 464 nós (859 km/h) e um alcance de 2.010 milhas náuticas (3.724 km). Seu teto de serviço é de 13.716 metros (45 mil pés).

NOVA EDIÇÃO DA ASAS! PRÉ-VENDA!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho