AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

EUA autorizam mais de US$ 1 bi em vendas de mísseis para os Países Baixos

Boeing AH-64D Apache dos Países Baixos. Foto: Mike Freer

O governo dos Estados Unidos deu sinal verde para vendas de mais de US$ 1 bilhão em mísseis para os Países Baixos (popularmente chamados no Brasil de Holanda). A aquisição deve ampliar as capacidades operacionais das frotas de caças F-35A Lightning II e dos helicópteros de ataque AH-64 Apache.

No caso dos helicópteros, a autorização é para a venda de 386 mísseis AGM-114R2 Hellfire, a serem utilizados contra alvos de superfície fixos ou móveis. Os Países Baixos contam com uma frota de 28 AH-64 Apache, que estão em fase de atualização de sistemas.

Caças F-35A dos Países Baixos

Já para os F-35A, a compra seria de até 120 mísseis AGM-158B/B-2 Joint Air-to-Surface Standoff Missiles with Extended Range (JASSM-ER). Com características stealth, o míssil tem alcance superior a 900 km, podendo ser empregado contra alvos terrestres ou navais. Com navegação inercial, por GPS e infravermelho, teria a capacidade de atingir alvos do tamanho de um carro, contando com uma ogiva de 450 kg, quase a metade da sua massa total de 1.200 kg.

A força aérea do país europeu é uma das mais avançadas na operação dos F-35, já tendo alcançado a Initial Operational Capability (IOC) em 2021 tendo 28 unidades recebidas, de um total de 52 encomendadas.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS! PRÉ-VENDA!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho