AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA ESPAÇO

EUA ganham sexta força militar: a USSF

Boeing X-37B
Boeing X-37B

É melhor se acostumar à nova sigla: USSF. Agora, além do United States Army (USA), United States Marine Corps (USMC), United States Navy (USN), United States Coast Guard (USCG) e United States Air Force (USAF), há a United States Space Force (USSF). O documento de criação foi assinado pelo presidente Donald Trump em 20 de dezembro.

A nova força já surge com 16 mil militares, a grande maioria transferida do agora extinto Air Force Space Command. A USSF terá como missões “proteger os interesses dos Estados Unidos no espaço”, “deter agressões no espaço, a partir do espaço e para o espaço” e “conduzir operações espaciais”.

O USSF deve realizar, por exemplo, as operações com a aeronave X-37B, cujas missões são envoltas em segredo. Também deve cuidar de satélites de reconhecimento.

O “Tratado do Espaço”, de 1967, proíbe armas de destruição em massa fora da terra, porém não impede atividades militares. Nos últimos anos, o governo Trump tem acusado China e Rússia de uma crescente militarização do espaço.

Assine Asas!

Anunciantes

KADEX 2020