AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Exército Brasileiro vai estrear novo míssil antiaéreo na Amazônia

Sistema RBS 70 durante treinamento realizado em Formosa (GO) Foto: Exército Brasileiro

Sediado em Manaus (AM), o 12º Grupo de Artilharia Antiaérea de Selva (12º GAAAe) do Exército Brasileiro se prepara para realizar pela primeira vez o lançamento real do míssil antiaéreo RBS 70 no ambiente de selva amazônica. O treinamento está previsto para ocorrer durante o mês de julho em uma área de adestramento localizada em Rio Preto da Eva (AM).

Fabricado pela empresa sueca Saab, a mesma dos caças F-39E Gripen, o sistema antiaéreo RBS 70 é do tipo man-portable air-defense system (MANPADS). Na sua versão Mk2, pode atingir alvos aéreos a até 7 km de de distância ou alturas de 4 mil metros. A Saab fala em uma média de acertos de 94%, boa parte graças à velocidade: logo após o lançamento, o RBS 70 Mk2 acelera a duas vezes a velocidade do som (Mach 2), levando poucos segundos para atingir a vítima. O RBS 70 é guiado por laser.

Em 2014, o Exército Brasileiro adquiriu as primeiras unidades da versão Mk2, tendo sido utilizadas baterias durante os Jogos Olímpicos de 2016. Dois anos depois, foram adquiridos novos sistemas RBS 70, mas da versão mais moderna, RBS 70 NG, que conta com acompanhamento automático do alvo, sistema de visão noturna melhorado e alcance ampliado para 8 km.

A chegada do RBS 70 ao cenário amazônico aconteceu em março, com o reequipamento do 12º Grupo de Artilharia Antiaérea de Selva (12º GAAAe). A unidade vem se preparando para o disparo pioneiro com o uso do simulador. O desafio será atestar o correto funcionamento do equipamento no cenário amazônico, bem como validar o esforço logístico necessário.

LEIA MAIS: OPINIÃO – ONDE ESTÃO OS NOSSOS SAM?

Treinamento com o simulador do RBS 70. Foto: Exército Brasileiro
Treinamento com o simulador do RBS 70. Foto: Exército Brasileiro

Em suas diferentes versões, o RBS 70 está em serviço desde 1977, tendo sido utilizado em combate real pelo Exército da Venezuela durante a tentativa de golpe em 1992, quando um RBS 70 abateu um avião OV-10 Bronco das forças rebeldes.

Veja abaixo o vídeo da Saab sobre o RBS 70NG:

Sobre o autor

Redação

Comentário

  • Particularmente eu nunca concordei com estes dados sobre o alcance dos mísseis de curto ou médio alcance!! Pois os potenciais inimigos poderia facilmente preparar um ataque longe deste alcance divulgados pelo fabricante!!! Entendo que na verdade estes pseudos alcance destes armamentos e apenas para constar pois o verdadeiro seria conhecidos somente pelos fabricantes e usuários

Clique aqui para comentar

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

Carrinho