AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

F-15 recebem IRST para ampliar capacidade ar-ar

A USAF ampliou a capacidade de caças F-15C Eagle baseados em Kadena, no Japão. Agora, as aeronaves operam com os pods Legion, que inclui um Infrared Search and Tracker Sensor (IRST), usado tanto para missões ar-solo quanto ar-ar.

Pelo menos é que se supõe com imagens divulgadas em dezembro, no Twitter, que mostram um caça F-15C do 67th Fighter Squadron. Não houve anúncio oficial de entrada em serviço, mas a United States Air Force havia divulgado que isto ocorreria em 2020.

LEIA TAMBÉM: F-15 testa tecnologia contra caças stealth

Os Estados Unidos ainda contam com cerca de 220 caças F-15C/D operacionais que têm recebido modernizações para se manterem adequados para as missões de defesa aérea. As unidades estão sediadas no território continental do país, na Inglaterra e no Japão.