AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

USAF e USSF fazem apelo público pela aprovação de recursos

Caça F-16 da USAF durante treinamento Foto: Ali Stewart / USAF

Em seus sites oficiais, e também na articulação com o Congresso dos Estados Unidos, a United States Air Force (USAF) e a United States Space Force (USSF) cobraram publicamente a aprovação de um novo orçamento para o ano. Segundo as instituições, caso contrário, poderão ocorrer ameaças à prontidão e à modernização, com diminuição da capacidade de enfrentar os desafios de segurança do país.

O Chefe de Estado-Maior da USAF, General Charles Q. Brown Jr., afirmou durante audiência de comissão de defesa do Congresso que adiar uma definição orçamentária pode provocar um “stall” no progresso feito. “Todo o dinheiro do mundo não pode comprar tempo, tempo é irrecuperável. E quando você está trabalhando para manter o ritmo frente a opositores com bons recursos, o tempo importa”, completou.

O General John “Jay” Raymond, Chefe de Estado-Maior da USSF, detalhou o impacto no National Security Space Launch Program, que programou cinco lançamentos em 2022, mas estará limitado a três. O resultado será não ter em órbita os artefatos considerados necessários pelo Pentágono para tarefas como detecção de lançamento de mísseis balísticos, proteção de comunicação e navegação por satélite.

O que o Congresso dos Estados Unidos tem feito é adiar a validade do orçamento aprovado para o ano fiscal anterior. Na prática, há uma redução de 8 bilhões de dólares frente ao que estava programado. Cerca de 3,5 bilhões são esperados para programas do B-21, KC-46 e F-35, além da operação de modelos como os F-16 e C-130.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho