AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

F-18 testa nova arma contra sistemas antiaéreos mais modernos

image_pdfimage_print

A evolução dos sistema de defesa antiaérea russos e chineses recebeu uma resposta norte-americana. No dia 1º de junho, foi realizado o primeiro teste de voo de um míssil AGM-88G Advanced Anti-Radiation Guided Missile – Extended Range (AARGM-ER).

Evolução do tradicional AGM-88 High-speed Anti-Radiation Missile (HARM), o novo míssil tem como alvo preponderante radares inimigos. Entre as principais novidades estão o dobro do alcance, que pode chegar a 300 km, e novidades já disponíveis nas versões mais modernas do AGM-88, como navegação inercial, receptor para guiagem termal e link por satélite.

O AGM-88G foi testado com um caça F-18E Super Hornet sediado na base aeronaval de Patuxent River, em Maryland. O plano do Pentágono é integrar a nova versão a várias aeronaves de combate da frota, incluindo os F-35A e F-35B. Não será possível levá-lo internamente nos F-35B. O plano é que a nova versão entre em serviço em 2023.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Lançamento! ASAS 118! Garanta já a sua na pré-venda!

O Voo do Impossível

Parceiros