AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

FAB mostra valor estratégico do KC-390 para proteger o espaço aéreo

Foto: Força Aérea Brasileira
image_pdfimage_print

Como um KC-390 pode ser estratégico para proteger o espaço aéreo? A resposta foi dada pela Força Aérea Brasileira no dia 10 de junho. A bordo do cargueiro fabricado pela Embraer, um radar móvel de defesa aérea TPS-B34 foi deslocado de Santa Maria (RS) para uma localidade não revelada do território nacional.

Isso quer dizer que hoje, em algum lugar do Brasil, a cobertura radar está aprimorada, possivelmente permitindo a detecção de voos a baixa altura onde antes seria possível voar livremente. Deslocamentos de radares móveis já faziam parte das missões da Força Aérea Brasileira, porém, com o KC-390 é possível fazer isso com maior velocidade.

O radar TPS-B34 movimentado não desfalca a cobertura radar no Sul do País, pois se trata de um equipamento extra, utilizado pelo Esquadrão Mangrulho, do Primeiro Grupo de Comunicação e Controle. A utilização do sistema radar TPS-B34 é de extrema importância para garantir a segurança e defesa do espaço aéreo brasileiro. Evidenciamos também a eficiência e dinâmica dos esquadrões subordinados ao 1° GCC, nas missões de deslocamento. Com certeza essa é uma data histórica para a Força Aérea, comprovando sua capacidade de pronta-resposta e mobilidade de seus meios”, afirmou o Comandante do 1° GCC, Tenente-Coronel Oscar Vinícius Pisco Rocha da Silva.

LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE O KC-390

Maior aeronave de transporte disponível no acervo da FAB, o KC-390 também é estratégico para a logística dos esquadrões equipados com aeronave de caça, seja em suas bases originais de operação, seja em deslocamentos foram de sede.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros