AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Forças aéreas do Brasil e da Suécia planejam cooperação

Segundo Gripen E em testes de voo Foto: Saab
image_pdfimage_print

Separadas por milhares de quilômetros de distância, as forças aéreas do Brasil e da Suécia terão na próxima década um desafio em comum: operarem a nova versão do caça F-39 Gripen. O tema foi foco de um encontro entre os Comandantes das duas forças, realizado no dia 11 de dezembro em Brasília (DF).

O Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez e o Major-General Carl-Johan Edström conversaram sobre a cooperação dos dois países no projeto. As 36 aeronaves encomendadas pelo Brasil e 60 pela Suécia, além de representarem um desafio operacional, também são relevantes para alavancar as vendas dos jatos, atualmente uma parceria entre Suécia e Brasil.

Encontro dos dois comandantes abre expectativas sobre cooperação. Foto: Sgt Bianca Viol / Força Aérea Brasileira

“Juntos vamos desenvolver o caça F-39 Gripen, a espinha dorsal de nossas respectivas Forças, para que se tornem relevantes nos próximos anos”, disse o Major-General Johan Edström. “Estou certo de que muitas outras parcerias surgirão e as que já existem se ampliarão, fortalecidas pela proveitosa cooperação e pelos intercâmbios entre nossas Forças Aéreas”, disse o Tenente-Brigadeiro Bermudez.

Sobre o autor

Redação

Comentar

Clique aqui para comentar

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros