AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Aviação do Exército se prepara para o Sherpa

O C-23B Sherpa, numeral 931321, que deve ser o primeiro exemplar do modelo a ser incorporado à Aviação do Exército.Foto: Exército Brasileiro
image_pdfimage_print

Por Claudio Lucchesi, especial

Por unanimidade, em reunião recente, o Comando do Exército Brasileiro decidiu prosseguir com a aquisição da primeira aeronave de asa fixa da Arma nos tempos modernos, o bimotor utilitário C-23B Sherpa.

São quatro exemplares, sendo que o primeiro deve chegar em 2021, e os pilotos para tais aeronaves já estão sendo selecionados dos quadros operativos da Aviação do Exército (AvEx), sendo escolhidos entre aqueles que possuem todas as qualificações dessa Força, como pilotos de helicópteros, incluindo todos os tipos de missões e uso de NVG, os óculos de visão noturna.

Para a capacitação destes como pilotos de asa fixa, a AvEx firmará contrato com uma escola de pilotagem civil, não havendo nenhum tipo de cooperação nesta formação com a Força Aérea Brasileira (FAB), pelo que se pôde apurar.

Já a conversão para o C-23B será feita nos próprios exemplares recebidos pela AvEx, que deverão todos, ao menos de início, ficar baseados em Manaus (AM), atendendo a Região Amazônica. Assim, a conversão aos C-23B será feita com as tripulações da AvEx voando na própria Amazônia.

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros