AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

França vai gastar 10 bilhões de Euros em helicópteros da Airbus

O governo francês assinou com a Airbus o contrato para aquisição de 169 unidades do H160M Guépard. Serão 80 aeronaves para o Exército, 49 para a Marinha e 40 para a Força Aérea. As entregas começarão em 2027.

Os Guépards vão substituir os Aloutte III, Dauphin, Gazelle e Panther, alguns dos quais com mais de 40 anos de serviço. Outras dez unidades irão para a National Gendarmerie e uma para a Direction générale de l’armement, órgão do governo francês para aquisição de armamentos.

H160M deve ser utilizado pela França, mas há grandes expectativas sobre exportações

O H160 tem peso máximo de até 6 toneladas, com velocidade máxima de 325 km/h, alcance de 852 km e carga útil de 1.760 kg. Inicialmente designado X4, o helicóptero traz inovações presentes no demonstrador de tecnologia Eurocopter X3, entre um controle melhorado do rotor, pilotagem mais fácil e níveis de ruídos sem paralelo no mercado de helicópteros. Outras inovações incluem a substituição dos componentes hidráulicos do trem de pouso e dos freios por atuadores elétricos. Os motores são os Turbomeca Arrano.

O H160M deverá ser capaz de voar missões de reconhecimento armado, apoio de fogo, ataque naval com mísseis, defesa aérea, infiltração de forças especiais, busca e salvamento, evacuação médica e inteligência. A frota será equipada com o sistema eletro-ótico Safran Euroflir 410, a suíte de aviônicos Thales FlytX e o radar AirMaster C, além do sistema de visor e mira no capacete Thales TopOwl. Entre os armamentos, estão previstos os mísseis MBDA ANL.