AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Frota própria de helicópteros gera economia milionária em Mato Grosso

Operação do CIOPAR MT. Foto: Christiano Antonucci

Ter uma frota própria de helicópteros para emprego da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros gerou uma economia de pelo menos R$ 4 milhões aos cofres do Mato Grosso, com uma economia de pelo menos 40% do valor total gasto. É o que anunciou a Secretaria de Segurança Pública do estado, ao apresentar o balanço de operações do Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAer).

De acordo com os números apresentados, foram 2.850 horas de voo, um aumento de 15% frente às 2.501 registradas em 2022. Os resultados, porém, subiram o dobro: um crescimento de 30% frente ao ano anterior, com 1.540 atendimentos realizados para as instituições de segurança. Foram mais de 900 operações, incluindo 60 buscas e capturas, 52 apoios aos bombeiros, 15 de reconhecimento, 92 de patrulhamento aéreo e 282 ações integradas. Até dois cortejos fúnebres entram na conta.

O CIOPAer também prestou serviços para outras pastas de Mato Grosso, como para a Secretaria de Estado de Saúde (SES), que utilizou as aeronaves para transporte de pacientes, órgãos, médicos, medicamentos e insumos durante o ano. Vale ressaltar o desafio de atingir um tempo de resposta rápido no amplo território do estado. 

O CIOPAer conta com frota atual de 12 aeronaves, sendo quatro helicópteros AS 350 Esquilo e oito aviões: incluindo um jato Citation II Bravo. A unidade foi criada em 2006 e possui duas bases, uma na cidade de Sorriso (MT) e outra em Várzea Grande (MT), na região metropolitana de Cuiabá.

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

Carrinho