AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Gol vai crescer em Congonhas e avançar sobre mercado regional

image_pdfimage_print

A Gol passará a contar com mais 26 voos diários a mais no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, um aumento onde já é líder em frequências. Além disso, passará a controlar operações em destinos regionais do Pará, Amazonas e do estado de São Paulo.

Essas serão as principais consequência da compra da MAP Linhas Aéreas, companhia do grupo Voepass que atualmente voa sete turboélices ATR-72 em voos regionais. O negócio é avaliado em R$ 28 milhões, sendo R$ 25 milhões em dinheiro e 100.000 ações da Gol. Por outro lado, a companhia aérea assumirá cerca de R$ 100 milhões de dívidas da MAP.

Apesar do anúncio, a compra ainda depende do aval das autoridades reguladoras do mercado. Por isso, as operações da MAP devem continuar normalmente no primeiro momento. É esperado que em breve alguns dos destinos passem a ser operados por aeronaves 737 da Gol, sobretudo os que ocupam slots do Aeroporto de Congonhas.

Em carta os colaboradores, o presidente da VoePass, José Luiz Felício, demonstrou alegria com a normalização financeira da empresa. Informou que não haverá “aporte de recursos” da Gol e que não haverá alteração de rotinas.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Lançamento! ASAS 117

O Voo do Impossível

Parceiros