AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Governo de Portugal compra ações da TAP para salvar a empresa

image_pdfimage_print

O governo de Portugal passará a controlar 72,5% da TAP. A participação acionária do Estado Português já é de 50%, mas a ajuda de 1,2 bilhões de Euros envolve a compra de ações do grupo do empresário brasileiro David Neeleman, fundador da Azul.

A TAP já havia anunciado a devolução de seis aeronaves: três Airbus A319, um A3210, um A321 e um Embraer E190. Porém, novas reduções de da frota não estão descartadas.

A empresa é vista no país como estratégica para a indústria do turismo. Porém, o governo informou que futuramente irá procurar novas parcerias internacionais, podendo, inclusive, voltar a reduzir sua participação acionária na TAP.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros