AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Inteligência artificial comanda caça em combate aéreo pela primeira vez

F-16 VISTA. Foto: Christian Turner

A Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa (DARPA) anunciou nesta semana um feito histórico: um caça F-16 modificado, designado X-62 VISTA, sigla para Variable Stability In-Flight Simulator Test Aircraft, voou pela primeira vez em um combate aéreo de treinamento tendo em seus comandos um sistema baseado em inteligência artificial. A aeronave enfrentou outro F-16, controlado por um experiente piloto de testes, e a inteligência artificial chegou a vencê-lo.

O X-62 levava um piloto a bordo, porém a inteligência artificial ganhou independência cada vez maior até conseguir realizar todas as manobras esperadas. No início, os voos se concentraram em manobras básicas e em precauções de segurança, mas logo passaram aos cruzamentos em alta velocidade e simulação de lançamento de armamento.

É curioso o fato de o anúncio ter ocorrido só em 18 de abril de 2024, porém o teste bem-sucedido foi realizado em setembro do ano passado. Isso indica que novos testes estão em andamento para que a inteligência artificial possa estar em novas fases de evolução, com outros tipos de missões, como combate aéreo além do alcance visual, ataque à superfície, escolta e guerra eletrônica. 

NOVA EDIÇÃO DA ASAS! PRÉ-VENDA!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho