AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Irã e Venezuela reforçam cooperação militar

A cooperação militar entre a Venezuela e o Irã já envolveu a compra de drones Mohajer
image_pdfimage_print

A Venezuela recebeu no dia 17 de outubro uma comitiva de militares iranianos em uma visita que, de acordo com o divulgado pelos venezuelanos nas redes sociais, teve como foco o desenvolvimento da indústria de defesa. Hojattolah Soltani, responsável pela diplomacia com os países da América, e Faramarz Aslanchi, chefe do setor de assuntos internacionais de defesa e logística, foram recebidos pela Vice-Ministra de Planificación Y Desarrollo para la Defensa, Major-General Gloria Castillo de Durán. A visita teve também a presença do chefe de Estado-Maior conjunto, Major-General Jesús Mantilla Oliveros.

A Venezuela não divulgou detalhadamente os assuntos tratados, mas os cargos envolvidos sugerem algum tipo de cooperação entre os países para a criação de novos armamentos, aeronaves ou veículos militares, ou ainda algum tipo de suporte logístico. A divulgação no Facebook utilizou a hashtag #motorindustriamilitar e classificou o encontro como uma busca por “cooperação técnico-militar”.

O Irã e a Venezuela são parceiros desde a década de 60 no contexto da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP). Já em 1999, com Hugo Chavez, os venezuelanos se aproximaram politicamente dos iranianos. Em seguida vieram projetos como dos “drones” Mohajer 2, fabricado sob licença na Venezuela com o nome Arpía.

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros