AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Jatos da Tupolev devem substituir modelos Airbus e Boeing na Rússia

Foto: Igor Dvurekov

A Rússia tem encontrado soluções internas para resolver os problemas causados pelas sanções internacionais. Uma delas será a construção de 20 jatos Tu-214 para substituir os modelos da Boeing e da Airbus em uso no país.

Desenvolvido nos anos 80 e introduzido em serviço em 1996, o Tu-214 tem menos de 50 unidades em serviço no momento. As exportações se limitaram a três unidades para a Cubana Aviación e e três para a Cairo Aviation, além de seis unidades esperadas para uso na China, apenas para transporte de carga.

Há versões de 172 a 215 assentos, com alcance indo a, no máximo, 4.800 km. Na prática, a possibilidade é de substituir as famílias 737 e A320.

Há ainda fortes expectativas quanto ao MC-21, desenvolvido pela Irkut com a perspectiva de até 1.500 vendas tanto para o mercado nacional quanto internacional. Com as sanções do Ocidente, contudo, o número de exportações deve ser diminuído.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho