AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Marinha e Embraer vão desenvolver novos radares

Fragata da Classe Niterói com helicóptero Lynx. Foto : Marinha do Brasil

A Marinha do Brasil e a Embraer assinaram um acordo de parceria para apoio mútuo em pesquisa, desenvolvimento e inovação. O objetivo da cooperação é o desenvolvimento de radares de busca de superfície embarcados e de vigilância costeira, com o incremento da maturidade do radar Gaivota X. A assinatura ocorreu hoje, durante a feira de defesa LAAD, em São Paulo.

Os estudos da Marinha do Brasil e da Embraer abrangem a integração do radar Gaivota X ao Sistema de Comando e Controle Georreferenciado (SisC2Geo) e com o Sistema de Consciência Situacional Unificada por Aquisição de Informações Marítimas (SCUA). A cooperação traz uma importante contribuição para ampliar tanto o alto conteúdo tecnológico dos programas estratégicos da Marinha quanto o desenvolvimento da Base Industrial de Defesa, um dos principais objetivos da Estratégia Nacional de Defesa.

“Estamos orgulhosos de fazer parceria novamente com a Embraer. Este acordo consolida a continuidade de uma colaboração de longo prazo com uma líder global em tecnologia que expandirá o leque de capacidades para a Marinha do Brasil cumprir suas missões. Nossa experiência no radar Gaivota X será complementada pelas tecnologias de ponta e capacidades avançadas da Embraer, permitindo-nos compartilhar conhecimento e desenvolver cooperativamente soluções de ponta para o mercado global”, disse o Contra-Almirante Alexandre de Vasconcelos Siciliano.

“Estamos muito satisfeitos em assinar esse novo acordo com a Marinha, instituição com a qual temos uma relação sólida e de longo prazo. Essa cooperação trará muitos avanços não somente para a Marinha e para a Embraer, mas também para a Base Industrial de Defesa brasileira”, afirmou Fábio Caparica, Vice-Presidente de Desenvolvimento de Negócios para América Latina da Embraer Defesa & Segurança.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho