AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Modernização do Eurofighter pode alavancar mercado

Eurofighter Typhoon da Royal Air Force na RIAT 2012 Foto: Peter Gronemann
image_pdfimage_print

O conglomerado Eurofighter Jagdflugzeug GmbH e agência intergovernamental que gerencia o programa do caça europeu assinaram um contrato de 300 milhões de Euros para a melhoria do projeto. Desenvolvido por Reino Unido, Espanha, Alemanha e Itália, o Eurofighter Typhoon entrou em serviço no ano de 2003 e ainda luta para conquistar mais exportações, além das já registradas para Arábia Saudita, Áustria, Catar, Kuwait e Oman.

LEIA TAMBÉM: Europeus seguem Brasil e desenvolvem WAD

A modernização deve envolver um Wide Area Display, melhorias no desempenho operacional do míssil Meteor, aumento da precisão para munições guiadas, aprimoramento do datalink e do rádio, reforço do sistema de autodefesa e troca do radar. A arquitetura de sistemas permitirá novas incorporações de capacidades no futuro.

LEIA TAMBÉM: Com F-18 encomendado, Alemanha compra mais Eurofighter

LEIA TAMBÉM: Eurofighter deve vencer o F-35 e o F-18 na Espanha

LEIA TAMBÉM: Colômbia recebe duas ofertas de Eurofighter

Apesar de ser considerado o mais bem sucedido projeto internacional europeu, o Eurofighter foi derrotado em competições na Bélgica, Bulgária, Canadá, Cingapura, Coreia do Sul, Dinamarca, Emirados Árabes, Índia, Japão, Holanda, Noruega, Polônia e Suíça. Há ainda esperança de conquistar contratos, porém também é esperado que o caça seja considerado uma opção adequada para seus usuários atuais por mais algum tempo.

Lançamento! ASAS 119! Garanta já a sua na pré-venda!

O Voo do Impossível

Parceiros