AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Novo AWACS russo terá radar com mais de 650 km de alcance

O primeiro voo do protótipo do Beriev A-100 com radar ativo, realizado neste mês, pode marcar o fim dos atrasos causados pelas sanções sofridas pela Rússia por países do Ocidente. O marco ocorre mais de três anos após o primeiro voo do A-100 e pode significar a manutenção do plano de colocá-lo em serviço ativo em 2024.

Desenvolvido a partir do Il-76MD-90A, o A-100 conta com quatro motores turbofan Aviadvigatel PS-90-76. A velocidade máxima chega a 900 km/h e autonomia seria de pelo menos dez horas. Acima da fuselagem, o radar Vega Premier é do tipo Active Phased Array Radar. O radome deve girar a uma velocidde de até 12 rotações por minuto.

Não foi revelado até agora quantas aeronaves serão adquiridas, mas atualmente a Rússia conta com 15 Beriev A-50 para atuar como AWACS (Airborne Early Warning and Control, em inglês), adquiridos ainda no tempo da União Soviética.

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

Carrinho