AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Novo caça sul-coreano deve voar em 2022

O caça sul-coreano KF-21 Boramae utiliza motores da norte-americana General Electric fabricados localmente. Foto: KAI

A Korea Aerospace Industries planeja para julho o primeiro voo do seu caça KF-21 Boramae. O anúncio da companhia foi acompanhado por comentários positivos a respeito dos testes realizados em solo, incluindo o novo radar do tipo AESA (Active Electronically-Scanned).

Desenvolvido em parceria com a Lockheed Martin, criadora do F-35, o KF-21 não deve ser exatamente um caça de quinta geração. Isso porque a furtividade não é uma das prioridades do projeto, mas o jato deve ser menos detectável ao radar que qualquer outro rival de geração “4.5”, como o Gripen E, o Rafale ou o Eurofighter.

O futuro caça deve ser equipado com um par de motores norte-americanos General Electric F414-GE-400K e levar armamentos como os mísseis Meteor, AMRAAM, Iris-T, Sidewinder e Harpoon, além de bombas inteligentes. Ao todo, serão dez estações para armamentos sob as asas e a fuselagem.

Os sul-coreanos priorizaram o desenvolvimento de tecnologias avançadas para os sistemas do KF-21. Até o momento, mais de 48 bilhões de dólares teriam sido investidos no programa, incluindo 9 bilhões da Indonésia. A parceria ressalta o foco em conquistar o mercado internacional, mas a própria Coreia do Sul já anunciou planos para a aquisição de até 120 unidades a serem recebidas a partir de 2028.

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

Carrinho