AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Novo F-15EX tem problemas de segurança cibernética, aponta auditoria

F-15EX chega à Base Aérea de Eglin, na Flórida. Foto: Samuel King Jr. / USAF

O projeto do novo Boeing F-15EX Eagle II apresenta falhas em termos de segurança cibernética. É o que aponta o US Government Accountability Office (GAO), órgão do próprio governo dos Estados Unidos responsável por avaliar a correta condução dos projetos que envolvem o orçamento público do país.

O relatório “Weapon Systems Annual Assessment” aponta que o F-15EX ainda não cumpre os requisitos de cibersegurança estabelecidos pela United States Air Force. O problema estaria no software Suite 9.1X, que já foi usado com sucesso. O GAO aponta que haveria testes adicionais com especialistas para identificar e corrigir os erros, sem apontar risco para cancelamento do programa.

Há ainda outras preocupações. No caso do treinador T-7 Red Hawk, há questionamentos sobre segurança dos tripulantes em caso de choque com pássaros. Já programas do avião presidencial VC-25B, do drone MQ-4C e do porta-aviões CVN 78 enfrentam atrasos frente aos cronogramas inicialmente acertados.

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

Carrinho