AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

O voo do Blackjack!

Os Tu-160 foram usados para atacar a Síria e os russos retomaram o projeto da aeronave
image_pdfimage_print

Havia quem pensasse que o Tupolev 160 “Blackjack” estava com seus dias contados. Mas a Rússia não apenas mantém dezesseis aeronaves em serviço como também reabriu a linha de montagem e encomendou mais dez unidades.

Agora, o Tu-160 chama a atenção das Forças Aéreas da OTAN e dos seus aliados. Em um voo de sete horas realizado no dia 15 de julho, um par de Blackjacks provocaram as defesas aéreas da Dinamarca, da Finlândia e da Suécia.

Assista ao vídeo:

Com escolta de pelo menos um caça Su-35 e a companhia de um avião-radar A-50 Mainstay, as aeronaves russas foram interceptadas por caças F-16, F-18 e Gripen dos três países Ocidentais.

Foto: Força Aérea da Finlândia

Não foram situações de combate: os Blackjacks voaram apenas sobre águas internacionais, sem invadir nenhum espaço aéreo, segundo as autoridades russas.

Foto: Força Aérea da Finlândia

O Ministério da Defesa da Rússia divulgou um vídeo da missão e informaram que atualmente os Tu-160 realizam patrulhas regulares sobre as águas neutras do Ártico, do Atlântico Norte, dos Mares Negro e Báltico e do Oceano Pacífico.

Sobre o autor

Redação

Comentar

Clique aqui para comentar

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros