AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

País da OTAN recupera aviões de origem soviética

Foto: Aviotica Spotting
image_pdfimage_print

Ex-membro do Pacto da Varsóvia, a Bulgária seguiu as orientações dos parceiros de OTAN, da qual faz parte desde 2004, e encomendou oito caças F-16V Block 72, a versão mais moderna do jato da Lockheed Martin. Porém, ao mesmo tempo, investiu para manter no ar seus jatos de ataque Su-25, desenvolvidos na época da antiga União Soviética.

O oitavo Su-25 foi recebido pela Bulgarski Voenno Vzdushnu Sili, nome oficial da força aérea da Bulgária, no dia 11 de fevereiro após cerca de cinco meses de trabalhos. O contrato foi assinado com o governo da Bielorrúsia, que possui uma unidade capaz de recuperar esse tipo de aeronave. Os trabalhos envolvem também um upgrade nos sistemas de comunicação, de armas e de contramedidas.

Foto: Aviotica Spotting

A intenção inicial da Bulgária era recuperar todos os seus 14 Su-25K e Su-25UBK, mas a falta de recursos fez o número cair para oito, sendo oito monoplaces e dois biplaces. Caso as condições orçamentárias melhorem, as demais seis aeronaves devem ser enviadas para a Bielorrúsia.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Lançamento! ASAS 116

O Voo do Impossível

Parceiros