AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Portugal vai ajudar no desenvolvimento de versão do Super Tucano para a OTAN

Concepção artística do A-29N Super Tucano

A indústria de defesa de Portugal deve se integrar à Embraer no desenvolvimento da nova versão do A-29 Super Tucano, denominado A-29N, que terá como foco atender aos requisitos dos países-membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). A parceria se tornou possível após a assinatura de um memorando de entendimento entre o presidente Lula e o primeiro ministro de Portugal, António Costa.

As empresas Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto (CEiiA), Empordef Tecnologias de Informação, S.A. (ETI), GMVIS Skysoft, S.A. (GMV) e a OGMA S.A. foram incluídas no acordo. O objetivo principal do memorando é o desenvolvimento da Base Tecnológica e Industrial de Defesa de Portugal, reforçando a sua capacidade de desenvolver atividades de engenharia, pesquisa e desenvolvimento.

“É uma enorme satisfação celebrar uma nova etapa no relacionamento entre a Embraer e o Estado Português, por meio da indústria de Defesa de Portugal, para nós uma referência na cooperação em projetos aeroespaciais e de defesa. Os resultados da parceria estratégica do KC-390 Millennium têm mostrado o potencial que governos e empresas dos dois países, trabalhando juntos, podem alcançar”, disse Francisco Gomes Neto, Presidente e CEO da Embraer.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho