AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Rússia faz treinamento de ataque nuclear e apresenta proposta para retirar tropas da Ucrânia

Aeronaves Tu-22M3 e MiG-31K durante exercício de treinamento para conflito com ataques nucleares táticos

Em uma reunião com diplomatas, o presidente russo, Vladimir Putin, apresentou uma proposta para acabar com a guerra na Ucrânia. Enquanto isso, seguem os exercícios conjuntos entre a Rússia e a Bielorrússia, tendo como foco um eventual conflito  com uso de armas nucleares táticas, de baixa potência, mas suficientes para destruir cidades inteiras.

A proposta de Putin repete algumas das justificativas para o início do conflito: a Ucrânia deve ser “desnazificada”, desmilitarizada e não ser alinhada, isto é, não fazer parte da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). Além disso, as regiões de Donetsk, Lugansk, Kherson, Zaporozhye e Crimeia devem ser reconhecidas como territórios russos. Por fim, as sanções internacionais devem ser retiradas.

Tupolev Tu-22M3 durante treinamento

Na prática, a proposta representaria a rendição da Ucrânia, que continua a acertar acordos com países do Ocidente enquanto publicamente dizer ser inegociável a integralidade do território, mesmo das áreas ocupadas continuadamente há mais de dois anos, ou a Crimeia, sob domínio da Rússia desde 2014. A promessa é retirar as tropas tão logo o acordo seja alcançado, caso contrário, a Ucrânia e seus aliados seriam responsáveis pela continuação do derramamento de sangue.

Enquanto isso, avança a segunda fase do exercício entre Rússia e Bielorrúsia para treinar o cenário de um conflito com o uso de armas nucleares táticas. Bases no Cáucaso e no litoral do Mar Negro seriam os principais pontos de partida para ataques na Europa, ambos os pontos se destacando pela proximidade com a Ucrânia. Na parte da aviação, o destaque são os MiG-31K e os Tupolev Tu-22M3, armados com mísseis como o Kh-22, Kh-32, Iskander-M e o hipersônico Kinzhal. Além disso, a Bielorrússia recebeu “várias dezenas” de armas nucleares da Rússia.

O Ministério da Defesa da Rússia ressalta que o treinamento está mais relacionados às ameaças do Ocidente relacionadas à expansão do conflito.

ASSINE A ASAS E GANHE UM ALBUM DE FIGURINHAS: AVIÕES DE GUERRA

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho