AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Rússia vai reforçar defesa aérea no Pacífico

A Rússia terá um segundo esquadrão de interceptadores MiG-31 na península de Kamchatka, território localizado entre o Japão e o Alasca. Serão aeronaves do modelo MiG-31BM, modernizadas pela United Aircraft Corporation.

Atualmente, o regimento aéreo sediado em Yelizovo já conta com doze caças das versões MiG-31B e MiG-31BS, além de patrulheiros antisubmarino Il-38. Atualmente, 110 caças MiG-31 estão em processo de modernização para o padrão MiG-31BM.

Equipado com mísseis R-33, e futuramente os novos R-37, o MiG-31BM terá capacidade de engajar alvos aéreos a até 400 km de distância. O sistema de tiro permite engajar até dez aeronaves inimigas simultaneamente.

A nova versão também tem capacidades multimissão, podendo levar armamentos antisuperfície, incluindo mísseis específicos contra radares e alvos navais.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho