AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Russos destruíram o maior avião do mundo, confirma governo da Ucrânia

A conta oficial do governo da Ucrânia confirmou neste domingo (27 de fevereiro) a destruição do maior avião do mundo, o Antonov An-225 Mriya. A palavra, em ucraniano, significa “sonho”. Havia apenas um exemplar, que estava em um hangar do aeroporto de Hostomel, próximo a Kiev, que sofre ataques da Federação Russa. Fotos pouco claras circulam na internet revelando o que teria sido o ataque.

Ironicamente, o An-225 foi projetado ainda nos anos 80 como um verdadeiro orgulho da União Soviética, da qual a Ucrânia fazia parte. Entre as missões previstas, estava o transporte do ônibus espacial Buran. A aeronave voou pela primeira vez em 1988 e, após a queda do comunismo e a independência ucraniana, foi empregado para missões civis de transporte.

A aeronave possuía 84 metros de comprimento, 88,4 metros de envergadura e altura de 18,10 metros, sem contar o trem de pouso. Sua capacidade era de levar até 300 toneladas de carga, para isso decolando com peso total de 600 toneladas. Ainda assim, os seis motores Lotarev D-18T podiam fazê-lo chegar a 850km/h.

A primeira visita ao Brasil ocorreu em 2010, quando o An-225 pousou em Guarulhos trazendo componentes de uma refinaria. Em 2016, fez uma escala no mesmo aeroporto quando se dirigia ao Chile.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho