AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Sukhoi 57 foi para Síria em busca de F-35 e F-22

Caça foi enviado para zona de guerra antes mesmo de testar armamentos
image_pdfimage_print

Por que a Rússia enviou quatro Su-57 para a zona de conflito na Síria se o modelo ainda está em fase de avaliação de protótipo? A resposta começa a aparecer.

Políticos de Moscou comentam que o objetivo era avaliar a capacidade de detectar os caças F-22 e F-35, enviados pelos Estados Unidos para a área. Israel também enviou caças F-35 para cumprirem missões na área.

Meios de comunicação russos têm divulgado que a nova aeronave tem um radar e sistemas eletrônicos capazes de detectar caças stealth. O Su-57 iria acabar com a diferença de desempenho de radar e de eletrônicos entre a Força Aérea Russa e a dos países da OTAN.

De acordo com o CEO da United Aircraft Corporation, Yuri Slyusar, os doze primeiros Su-57 devem ser entregues em 2019.

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros