AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Tucano vai completar 40 anos repaginado

Tendo entrado em serviço em 29 setembro de 1983, o Embraer 312 completará daqui a dois anos 40 anos de serviço na Força Aérea Brasileira, onde é designado como T-27 Tucano. Já fora da Esquadrilha da Fumaça e dos esquadrões de caça e ataque, a frota de T-27 hoje se concentra na Academia da Força Aérea e passar por um processo de modernização, e de nova pintura.

A escolha da identidade visual do T-27M, como ficará a designação após a modernização, contou com a participação dos cadetes da Academia da Força Aérea. Todos os cadetes nasceram quando o T-27 já possuía, pelo menos, dezesseis anos de serviço na FAB.

Por esse motivo, o novo esquema de pintura foi selecionado por apresentar um ar de atualidade, alinhada às alterações realizadas no processo de modernização. O novo design é inédito e utilizará tintas já empregadas pela FAB, como o branco, o laranja e o preto. Agrega-se, ainda, a questão da padronização, pois faz referência aos tons já existentes em outras aeronaves da Força Aérea.

Todo o projeto de modernização da aeronave está sendo conduzido pelos técnicos e especialistas do Parque de Material Aeronáutico de Lagoa Santa (PAMA-LS). No total, 42 aeronaves serão modernizadas até dezembro de 2022.

O serviço inclui, além da nova pintura, a modernização do sistema de comunicação e dos aviônicos. Os futuros aviadores da FAB passarão a ser formados já com acesso a tecnologias que permitem, por exemplo, a navegação e as aproximações com base em sistemas de satélites, a navegação baseada em performance e o envio e recepção de informações para o controle de tráfego através do Sistema de Vigilância Aérea Automático Dependente por Radiodifusão (ADS-B).