AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Turquia espera parceria militar com o Brasil

Depois de passar por Brasília, a aeronave segue agora para o Rio de Janeiro. Lá, ficará em exposição durante a feira de defesa LAAD 2019
image_pdfimage_print

“O Brasil é o principal parceiro da Turquia na América Latina. Mas há espaço para ampliar, principalmente no setor de defesa”. A frase é de Murat Yavuz Ateş, do embaixador turco, que esteve presente hoje de manhã na exposição do helicóptero de combate T129 Atak realizada no QG do Corpo de Bombeiros de Brasília (DF).

Com voos diários da Turkish Airlines entre Guarulhos e Istambul, a aproximação tem sido grande. Em 2017, mesmo com a crise econômica, os dois países bateram o recorde de volume em trocas comerciais, alcançando US$ 2,2 bilhões.

“Há muito espaço para ampliara cooperação entre os nossos países”, avaliou o Secretáro-Geral do Ministério da Defesa do Brasil, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos. “A indústria de defesa turca tem uma grande tradição e uma grande capacidade de desenvolver produtos para Marinha, Exército e Força Aérea”, completou.

Após passar por Taubaté (SP), onde fica o Comando de Aviação do Exército, o T129 Atak foi para Brasília para eventos voltados para militares de alta patente das forças armadas brasileiras e também para membros do corpo diplomático e de adidâncias militares de outros países. O próprio embaixador Murat Yavuz Ateş ajuda a promover o produto de origem turca.

“É um helicóptero de ataque provado. Buscamos a oportunidade de estabelecer com países amigos e aliados uma parceria de longo prazo”, afirmou o Vice-Presidente de Marketing da Turkish Aerospace Industries (TAI), Tamer Özmen.

Depois de passar por Brasília, a aeronave segue agora para o Rio de Janeiro. Lá, ficará em exposição durante a feira de defesa LAAD 2019, que acontece entre os dias 2 e 5 de abril.

Quer saber mais sobre o T129 Atak? Adquira já a nova edição da revista ASAS! Você encontra nas bancas ou na nossa loja online.

Sobre o autor

Redação

Comentário

  • T129 ATAK é uma máquina e tanto devemos olhar com carinho este Helicóptero de ataque, pois poderá ofertar ao Brasil um recurso bélico que não temos.

Clique aqui para comentar

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros