AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

TWOFLEX recebe simulador do Cessna Grand Caravan

image_pdfimage_print

A TWOFLEX, uma das principais empresas de táxi aéreo do País, acaba de instalar em sua base, no aeroporto de Jundiaí (SP), o simulador de voo da aeronave turbo hélice Cessna Grand Caravan, o mesmo modelo das aeronaves da frota da companhia. O equipamento é o único no setor de taxi aéreo e aviação regional do País, e representa um diferencial significativo no alto padrão de segurança de voo da empresa.

O novo simulador, que permitirá treinar os mais de 60 pilotos da TWOFLEX, possui a certificação concedida pela FAA (Federal Aviation Administration). Apenas nove simuladores iguais a ele estão em operação no mundo. A TWO Flex investiu cerca de R$ 1,0 milhão no equipamento, capaz de replicar a operação de voo em sua totalidade, simulando as mais diversas condições, ocorrências e imprevistos que podem ser registrados em um voo.

“Estamos investindo na instalação de um simulador de voo próprio para treinamento dos nossos pilotos, o que representa um diferencial adicional em nosso alto padrão de segurança. Com a utilização deste novo equipamento, teremos a certeza de que a nossa tripulação estará ainda mais qualificada para realizar os voos de forma segura”, afirma o presidente da TWOFLEX, Rui Aquino.

A aquisição de um simulador próprio acontece em um momento estratégico, em que a TWOFLEX recebeu, recentemente, autorização da ANAC para atuar com Operação Complementar (transporte aéreo regular de passageiros), em todo o País.

A empresa já atua na operação das rotas do Voe Minas Gerais, Programa de Integração Regional – Modal Aéreo, uma iniciativa promovida pela Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), que interliga 17 cidades mineiras, de norte a sul do estado. O Voe Minas Gerais tornou-se referência em aviação regional, possibilitando à população de municípios distantes do estado, até então sem acesso à aviação comercial, viajar para a capital e outras localidades com agilidade e a custos acessíveis.

A TWOFLEX ainda está em negociações com a GOL Linhas Aéreas, para oferecer voos complementares em vários estados brasileiros, destinados a localidades com demanda de até 30 passageiros.

O simulador chega em um momento também de crescimento e de investimentos da empresa. A TWOFLEX tem planos de adquirir cinco aeronaves Grand Caravan ainda no primeiro semestre de 2018, aportando um total de R$ 20 milhões. Em 2017, a empresa faturou R$ 65 milhões, 24% a mais em relação ao ano anterior. O melhor resultado se deu por conta do aumento do volume de gerenciamento de cargas. A expectativa para 2018 é atingir R$ 80 milhões de faturamento.

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros