AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Ucrânia vai receber novo sistema anti-drone de baixo custo

O governo da Austrália aprovou o envio para a Ucrânia de dez sistemas anti drones Slinger, produzidos pela Electro Optic Systems (EOS). A expectativa é ajudar no combate às aeronaves remotamente pilotadas, ao mesmo tempo em que será feita uma avaliação prática do equipamento desenvolvido para abater drones a um custo mais baixo.

O Slinger é composto por um radar de busca, um sistema ótico e um canhão de 30mm Bushmaster M230LF. O alcance seria de 800 metros. As principais presas seriam drones de até 400 kg, sendo possível rastrear alvos mesmo em áreas urbanas.

A promessa é a de que o abate de um drone pode custar entre 100 e 1.000 dólares, valores bem abaixo dos registrados por mísseis, com unidades tendo custos superiores a um milhão de dólares. A própria aquisição do sistema é de baixo custo: uma unidade sai por cerca de um milhão de dólares.

LEIA TAMBÉM:

Novo helicóptero russo prova capacidade de destruir drones

Bayraktar e Shahed: os improváveis heróis na guerra da Ucrânia

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho